Ativistas prostam seminus contra touradas em Bruxelas

Uma organização de defesa dos animais denunciou as corridas de touros nesta quinta-feira em frente ao Parlamento Europeu em Bruxelas, com um protesto original de cerca de 30 pessoas seminuas.

AFP |

Preparada pela organização "Gente pelo Tratamento Ético dos Animais" (Peta, na sigla em inglês), a manifestação tentou chamar a atenção para o "sofrimento e a morte dos touros em festas populares".

"Coloque-se na pele do touro. Abolição das corridas de touros", diziam os cartazes dos manifestantes, que apareceram deitados no chão, fingindo estarem cheios de sangue e com bandeiras coladas nas costas.

As touradas, e a suposta permissividade da União Européia (UE) diante desta prática popular, é tema de debate entre europeus há muito tempo.

Em junho passado, toureiros como o colombiano César Rincón e o espanhol Enrique Ponce saíram em defesa da prática no Parlamento europeu.

Pouco antes, na Espanha, a cantora espanhola nascida no México Alaska apareceu numa campanha contra as touradas com uma foto dela nua com três bandeiras coladas nas costas.

mar/lm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG