Atividades marítimas no RS e SC devem ser evitadas

A Defesa Civil alerta a população dos estados de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul para que evitem atividades marítimas neste final de semana em razão da passagem de um ciclone extratropical na região Sul do País, que já provocou estragos e deixou centenas de desabrigados. Apesar da previsão de melhoria no tempo a partir de domingo, o alerta de ventania continua válido até a noite de segunda-feira.

Agência Estado |

Além do alerta para as atividades marítimas, a Defesa Civil diz também que a população deve ficar atenta para possíveis alagamentos, deslizamentos, destelhamentos, queda de placas, árvores ou objetos que possam ser arremessados pelo vento. Os moradores das áreas vulneráveis a deslizamentos devem ficar atentos para o aparecimento de fendas, depressões no terreno, rachaduras nas paredes das casas e inclinações de troncos de árvores ou postes. A Defesa Civil também avisa os curiosos para não ficarem próximos ao mar devido ao risco de serem atingidos por fortes ondas.

Segundo informações da Defesa Civil, o ciclone extratropical, que deveria ter provocado chuvas e ventos fortes durante todo o sábado, ficou estacionado com o seu centro no litoral Sul do Estado, ocasionando mais condições adversas no Rio Grande do Sul, onde os prejuízos foram maiores. Em Santa Catarina, houve registro de queda de outdoors, árvores, placas muros e alagamentos e os municípios de Biguaçu, Florianópolis, Palhoça, Santo Amaro da Imperatriz e Tubarão foram os mais afetados.

De acordo com os meteorologistas, o fenômeno já está se deslocando para o mar e a previsão é de que as rajadas de vento e a chuva sejam intensas no decorrer deste sábado. No domingo, as condições do tempo devem melhorar, mas com nebulosidade e chuvas isoladas. Neste sábado, continuam os alertas de vento forte e mar muito agitado.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG