SÃO PAULAO - A prefeitura de Atibaia, a cerca de 65 quilômetros de São Paulo, decretou neste terça-feira estado de emergência por causa das chuvas dos últimos dias. Com a medida, a administração municipal espera que o governo do Estado de São Paulo e a União liberem verbas para socorrer as vítimas da enchente.

Segundo a prefeitura, as chuvas atingiram 500 famílias. Do total, 80 foram desalojadas e cinco, desabrigadas. Nos bairros Kanimar e Parque das Nações, as pessoas estão usando barcos para retirar seus pertences.

As chuvas intensas nos primeiros dias deste ano e a abertura das comportas das represas de Nazaré Paulista e de Piracaia contribuíram para a enchente na cidade, segundo a prefeitura.

De acordo com o chefe da Defesa Civil de Atibaia, Maurício Benevides, até esta terça-feira choveu na cidade o equivalente a 30% do esperado para o mês. O rio já estava cheio antes das chuvas. Por isso, por menor que fossem as precipitações, a capacidade de escoar a água já estava comprometida.

O nível do rio continua alto e a previsão de chuvas para a região no final de semana preocupa a administração. É difícil dizer quando o rio vai baixar, disse Benevides, por meio de nota divulgada pela prefeitura.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.