Atentados destroem 2 bases da PM em Barra Bonita-SP

Atentados a bomba destruíram na madrugada de hoje duas bases comunitárias da Polícia Militar (PM) de Barra Bonita, município localizado a 302 quilômetros de São Paulo. Numa delas, a força da explosão derrubou o teto, portas e janelas e ainda destruiu computadores, um rádio-comunicador, telefones e todos os outros móveis que estavam no interior do prédio, que agora será demolido porque não há como ser restaurado.

Agência Estado |

Não havia ninguém no interior das duas bases.

A outra explosão ocorreu dez minutos depois da primeira, na base comunitária Sul, na região central da cidade. O prédio ficou destelhado, a porta foi arrancada e estilhaços de vidro das janelas foram parar na rua. Moradores acordaram assustados com o forte barulho das bombas, mas não souberam apontar suspeitos. Eles apenas disseram à polícia que ouviram barulho de carros e de motocicletas momentos antes das explosões.

A Polícia Civil prendeu dois suspeitos para averiguação, um deles fugitivo do regime semi-aberto de uma penitenciária de Bauru, cidade próxima. O outro é um morador de Barra Bonita, que o acompanhava. Porém, nenhum dos dois confessou a participação nos atentados. O delegado da cidade, José Carlos Nunes, afirmou que não descarta a possibilidade de o crime ter sido praticado pela facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) em vingança contra a prisão, nos últimos meses, de integrantes de uma quadrilha de assaltantes de residências.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG