Astro do rap Coolio é acusado por posse de crack

LOS ANGELES (Reuters) - O astro do rap Coolio foi acusado formalmente nesta terça-feira por posse de crack e agressão após sua prisão na semana passada no Aeroporto Internacional de Los Angeles. O cantor, vencedor do Grammy, cujo nome real é Artis Leon Ivey, foi detido no aeroporto na sexta-feira após autoridades afirmarem ter encontrado a droga e o cachimbo de crack em sua bagagem.

Reuters |

Coolio, de 45 anos, foi acusado pelo delito grave de posse de base de cocaína, conhecido como crack, e em delito leve pelo cachimbo.

A acusação de agressão também foi incluída porque o cantor agarrou o braço de um funcionário do aeroporto para evitar a inspeção de sua bagagem, disse Jane Robison, porta-voz para o procurador do distrito do condado de Los Angeles.

Se condenado, o músico pode ficar até três anos na cadeia. Ele deve comparecer na corte no dia 3 de abril.

Coolie ganhou fama em 1995 com o hit "Gangsta's Paradise" e com o álbum de mesmo nome. Ele ganhou um Grammy no mesmo ano por melhor performance de rap.

Seus álbuns seguintes não tiveram o mesmo sucesso e nos últimos anos ficou conhecido por suas participações em reality shows, incluindo "Celebrity Fear Factor" e como apresentador do programa online "Cookin' With Coolio".

(Reportagem de Dan Whitcomb)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG