LOS ANGELES ¿ No mundo fantástico e sobrenatural que se esconde nos livros e no cinema, Daniel Radcliffe é Harry Potter, uma criança com poderes, mas na vida real o ator é hoje um jovem de 20 anos que toca baixo e tem vontade de viver novos personagens.


Radcliffe, que completa hoje duas décadas de vida, não é só o menino que passou a infância no colégio interno de magia Hogwarts. E agora que se livrou dos altos e baixos que caracterizam a adolescência, quer encarnar novos personagens que reflitam a complexidade do mundo dos reles mortais.

Radcliffe diz que "o povo sempre se lembrará de Harry", mas afirma estar convencido de que se trabalhar "suficientemente duro, outros personagens também apareceram em suas mentes". O menino londrino demonstrou ter uma grande capacidade e flexibilidade interpretativa.

Divulgação

Cena de "Harry Potter e o Enigma do Príncipe"


Já participou de trabalhos para televisão como "David Copperfield" (1991) e "My Boy Jack" (2007), como ator coadjuvante no filme "O alfaiate do Panamá" (2001) e estreou no cinema independente com o longa britânico "Um verão para toda vida" (2007).

Em sua curta vida de ator foi nomeado a 19 prêmios de cinema, teatro e televisão, dos quais ganhou 11, alguns quando criança e outros já adolescente. O mais destacado é o prêmio de melhor interpretação masculina da premiação britânica National Movie Awards, por seu papel em "Harry Potter e a Ordem da Fênix" (2007).

Radcliffe também demonstrou ter um lado atrevido e experimental, diferente do jeito daquela criança de óculos e com aparência de estudiosa. Aos 17 anos, Radcliffe tirou a roupa sobre o palco na obra "Equus", no West End de Londres, onde seu personagem perdeu a virgindade perante muitos olhos que lotavam a sala.

Radcliffe não podia viver em uma eterna infância, embora não tenha se desligado totalmente da história que protagonizou pela primeira vez há oito anos.

"Não é que as pessoas não queiram que eu cresça. Incomoda a eles que cresçamos de maneira normal. Prefeririam que o fizesse de maneira selvagem e batendo carros", contou o ator.

Radcliffe, que acaba de protagonizar a penúltima das adaptações dos livros de J. K. Rowling's, "Harry Potter e o Enigma do Príncipe" (2009) já está embarcado em outro projeto, baseado em fatos reais e com uma alta carga interpretativa.

Em "Journey is the destination", dirigido pelo canadense Bronwen Hughes, Radcliffe será o repórter britânico Dan Eldon, que foi assassinado em Mogadíscio nos anos 90 por uma multidão enfurecida.

Mas seu personagem Harry Potter ainda deixa para ele dois filmes, a primeira e segunda parte do último livro da escritora J. K. Rowling, "Harry Potter e os Talismãs da Morte" (2011).

Após ter virado estrela de cinema, Radcliffe, que figura na lista dos adolescentes mais ricos do mundo, é um jovem amante da literatura e do rock, que aproveita o tempo também tocando baixo. Esse novo hobby veio do seu companheiro de cena Gary Oldman, que interpreta o papel de Sirius Black em "Harry Potter".

Vimos Radcliffe crescer na grande tela como Harry Potter e agora parece que o ator está prestes a começar uma nova etapa, cheia de surpresas.

Assista ao trailer de "Harry Potter e o Enigma do Príncipe":

(Reportagem de Almudena Serpis)

Leia mais sobre: Harry Potter

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.