A Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR) divulgou nesta semana os nomes de cinco candidatos à vaga do procurador-geral da República, que será aberta em junho com o final do mandato de Antonio Fernando de Souza. São candidatos ao cargo os procuradores Wagner Gonçalves, Ela Wiecko, Eitel Santiago, Blal Dalloul e o vice-procurador atual, Roberto Gurgel.

A partir de agora, os procuradores votarão nos candidatos e os três mais votados integrarão uma lista que será enviada ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a quem cabe indicar o titular do cargo.

Lula não é obrigado a escolher o procurador-geral da República entre esses três nomes mais votados. Porém, ele atendeu à vontade da maioria dos procuradores quando indicou para o cargo Souza e o ex-procurador-geral Claudio Fonteles. O procurador-geral é um cargo muito importante em Brasília. Cabe a ele propor ao Supremo Tribunal Federal (STF) ações contra leis e até emendas constitucionais que considerar inconstitucionais. Ele também é o responsável por denunciar autoridades por supostos crimes.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.