Assessor nega conselho de Lula a Paulo Octávio

No encontro que teve pela manhã com o governador em exercício do Distrito Federal Paulo Octávio (DEM), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi categórico ao evitar qualquer recomendação para sua permanência no cargo. Essa é uma decisão sua, de foro íntimo, disse Lula, negando qualquer apoio a Paulo Octávio, de acordo com um dos participantes do encontro.

Agência Estado |

"Não houve nenhum conselho do presidente Lula para o governador em exercício no encontro desta manhã", contou o assessor. No encontro, Paulo Octávio disse a Lula que analisava a hipótese de renunciar.

Mais cedo, pouco antes de Paulo Octávio fazer o comunicado no Palácio do Buriti de sua permanência seguindo orientação do presidente Lula, o ministro de Relações Institucionais, Alexandre Padilha, divulgou nota afirmando que não cabe ao presidente da República qualquer opinião ou interferência no assunto.

Lula, ao ouvir o relato de assessores sobre o pronunciamento de Paulo Octávio, demonstrou irritação e chegou a comentar que o governador em exercício teria faltado com a verdade.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG