A assembleia realizada pelos professores da rede estadual de ensino interditou totalmente a Avenida Paulista às 15h15 desta sexta-feira, na altura do vão livre do Museu de Arte de São Paulo (Masp), no centro da cidade. Na reunião, a categoria pretende decidir quais serão os rumos da greve aprovada na sexta-feira.

A Polícia Militar informou que cerca de 5 mil pessoas participam da assembleia, que é pacífica. Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), o tráfego registra 1,6 quilômetro de congestionamento da Praça Osvaldo Cruz até a Rua Professor Otávio Mendes, no sentido Consolação. No sentido contrário, o trânsito tem 1 quilômetro de lentidão da Rua da Consolação até a Alameda Casa Branca.

A categoria entrou em greve para reivindicar 34,3% de reajuste salarial, além de incorporação de todas as gratificações, extensiva aos aposentados. O Sindicato dos Professores do Ensino Oficial de São Paulo (Apeoesp) afirmou que o movimento grevista alcançou 60% de adesão em todo o Estado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.