Assassino de cartunista recebe visita de parentes

O pai e o irmão de Carlos Eduardo Sundfeld Nunes, assassino confesso de Glauco Vilas Boas e de seu filho Raoni, visitaram na manhã desta segunda o jovem na Delegacia da Polícia Federal em Foz do Iguaçu, no Paraná, onde ele está preso desde o última dia 14.

Agência Estado |

De acordo com a PF, a visita teve início às 9 horas e terminou 15 minutos depois. Nesse período, o pai e o irmão do preso entregaram produtos de higiene e conversaram com o jovem.

Cadu confessou ter matado o cartunista Glauco e seu filho Raoni no dia 12 de março, na chácara onde eles moravam em Osasco, na Grande São Paulo. Carlos Eduardo fugiu após o crime e foi preso em Foz do Iguaçu quando tentava deixar o País e fugir para o Paraguai.

Ainda não há informações sobre a transferência do preso para São Paulo, pois ele responde no Paraná por tentativa de homicídio em função de ter ferido um policial durante uma troca de tiros. O episódio aconteceu quando o estudante foi abordado por policiais rodoviários federais.

Carlos Eduardo é conhecido da família das vítimas e frequentava a Igreja Céu de Maria, fundada por Glauco. O templo funcionava na chácara do cartunista.

    Leia tudo sobre: crime

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG