Os prejuízos provocados por ladrões que invadiram a Igreja de São Lourenço, em Itaparica, na Bahia, na madrugada de quinta-feira, são maiores do que podiam imaginar os fiéis católicos daquela paróquia. Na tarde deste sábado, o padre João Eduardo Paiva, pároco do lugar, descobriu que também a Igreja Matriz do Santíssimo Sacramento fora invadida na mesma noite.

Do templo, que está fechado em razão do seu mau estado de conservação, foram furtados vários objetos como cálices, crucifixos, ostensórios, um terço de ouro, entre outras peças. Tudo leva a crer, no entendimento do religioso, tratar-se do mesmo grupo que retirou peças valiosas da Igreja de São Loureço, como a única imagem existente no Brasil de São Elesbão, protetor dos desabrigados, além de imagens de São Francisco, Nossa Senhora da Conceição, Senhor do Bonfim e Nossa Senhora do Rosário, todas dos séculos XVII e XVIII.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.