RIO DE JANEIRO - Cerca de 10 pessoas que foram mantidas reféns por pelo menos três homens em uma loja do supermercado Sendas, no bairro do Rio Comprido, zona norte do Rio de Janeiro, na manhã desta segunda-feira, foram liberadas, segundo informações da Polícia Militar (PM) do Rio de Janeiro. Os assaltantes fugiram e ninguém ficou ferido.

Pelo menos três homens teriam invadido o supermercardo por volta das 7h30 rendendo alguns funcionários do estabelecimento. A PM e o Batalhão de Operações Especiais (Bope) cercaram o local e por volta das 9h30 foi constatado que os assaltantes haviam fugido.

A operação foi finalizada em torno das 11h e, após feitas as buscas na loja, nenhum assaltante foi encontrado. A PM também afirma que, quando chegou ao local, não existiam reféns em poder dos assaltantes. A rua Aristides Lobo, onde se localiza o mercado, foi interditada pela polícia durante a operação, mas não afetou o trânsito.

Segundo a assessoria do supermercado, houve uma "tentativa frustrada de assalto" sem reféns. Os homens pediram que a gerente do Sendas abrisse o cofre do estabelecimento, mas ela não conseguiu. Ela foi encaminhada ao 6º Distrito Policial onde irá fazer um relato da ocorrência.

O delegado do 6º DP, Rodolfo Waldeck, informou que a polícia deve ouvir funcionários, buscar os suspeitos e procurar a ajuda de imagens feitas em estabelecimentos vizinhos. Os assaltantes teriam levado uma máquina fotográfica e um aparelho de mp3.

A loja do supermercado foi fechada durante a tentativa de assalto e deve reabrir na tarde desta segunda-feira.

Leia mais sobre: crimes no Rio de Janeiro

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.