Assaltantes fazem família refém em São Paulo

Cinco pessoas foram feitas reféns na própria residência, na manhã deste domingo, em Osasco, região metropolitana de São Paulo. Amarradas, elas ficaram duas horas presas em um quarto até serem libertadas pela Polícia Militar, por volta das 9h30.

Agência Estado |

Três assaltantes foram presos, informou o tenente Marcus Vinícius Zamora, que coordenou a operação. Os suspeitos - dois deles com passagem pela polícia - serão apresentados na Seccional de Osasco. Eles têm entre 20 e 25 anos de idade e estavam com duas armas e dinheiro roubado da família.

Às 7h30, os três homens encapuzados invadiram a residência, no bairro Jardim das Flores, região central da cidade. Na parte da frente da casa funciona um pet shop, de propriedade da família, que estava fechado na hora da invasão. De acordo com Zamora, os ladrões foram à loja duas vezes antes do assalto, sondar os acessos ao imóvel. Eles entraram pelos fundos, onde há uma viela com pouco movimento.

Ficaram sob a mira de revólveres o pai, a mãe, um filho, uma filha e um primo. Uma hora depois da invasão, o filho conseguiu fugir e avisar a polícia. Os policiais militares cercaram a casa e, ao ver um dos assaltantes tentando pular o muro, entraram no local. Eles renderam os ladrões e encontraram os reféns em um quarto.

O pai, com problemas cardíacos, e a mãe, nervosa com a situação, foram levados a um hospital da região. Eles passam bem. Um rapaz, de 19 anos, ferido na cabeça com coronhadas, recebeu atendimento do Corpo de Bombeiros no local. Abaladas, as vítimas preferiram não falar à imprensa. Os assaltantes devem ser indiciados por roubo qualificado e agressão.

Leia mais sobre violência

    Leia tudo sobre: osascoseqüestroviolência

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG