Ashton Kutchner doa dinheiro da aposta com a CNN para a luta contra a malária

O ator Ashton Kutcher cumpriu sua promessa e doou os 100.000 dólares que ganhou em uma aposta com a CNN para contribuir com a luta contra a malária, informou a Unicef nesta sexta-feira.

AFP |

Kutcher, conhecido por seu ativismo pela erradicação da malária, ganhou esse dinheiro ao superar, na semana passada, o gigante da informação CNN na disputa por alcançar o número de um milhão de seguidores na rede de relacionamento social Twitter.

Na madrugada de 17 para 18 de abril, Kutcher, cujo nome no Twitter é @aplusk, alcançou a marca de um milhão superando por 2.000 seguidores a CNN (@cnnbrk).

A ONG Malaria No More se comprometeu em doar a mesma quantia que Kutcher e o total de 200.000 dólares servirá para comprar e distribuir mosquiteiros tratados com insecticidas, até agora o meio mais efetivo para prevenir a doença.

Nesta sexta, um relatório da Unicef informa que quase 125.000 mortes por malária foram evitadas entre 2001 e 2007 em dez países da África graças ao uso estendido de mosqueteiros tratados com inseticidas.

A malária, doença cujo vetor é um mosquito, provoca um milhão de mortes por ano, segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde).

"Uma nova era na luta contra a malária começou", destacou o Fundo das Nações Unidas para a Infância.

Segundo o documento, a utilização destes mosqueteiros, o melhor meio de prevenção existente contra a malária, triplicou de 2000 em 19 dos 22 países da África Subsaariana, onde esta doença tem uma incidência maior e provoca uma maioria de mortes de crianças menores de cinco anos.

Em 2000, somente 2% das crianças pequenas eram protegidas por mosqueteiros tratados, percentual que subiu para 20% em 2006, indicou o relatório.

No entanto, apesar deste aumento, a distribuição e a utilização deste útil instrumento, simples e barato, continua sendo desigual segundo a região, destacou a Unicef.

Há um ano, o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, lançou um ambicioso plano para que, em 31 de dezembro de 2010, nos países em que a doença é endêmica tenha cobertura universal contra a malária, em especial no uso de mosqueteiros tratados com inseticidas.

kdz/lm/cn

    Leia tudo sobre: ashton kutchner

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG