Artistas de Woodstock voltam ao local do festival 40 anos depois

Nova York, 14 ago (EFE).- Alguns dos artistas que participaram do memorável festival de Woodstock, em 1969, se reunirão neste sábado na cidade americana de Bethel, próxima a Nova York, local da edição original do evento, para comemorar o 40º aniversário daqueles dias de paz, amor e música.

EFE |

O Centro para as Artes de Bethel Woods, situado no mesmo terreno sobre o qual há quatro décadas se reuniram mais de meio milhão de pessoas para ouvir Jimi Hendrix, Joan Baez, Santana e The Who, entre outros, recebe amanhã um show muito menor do que o de 1969 para lembrar o histórico festival.

"Heroes of Woodstock" ("Heróis de Woodstock", em tradução livre) é o nome que os organizadores deram a um evento cujas entradas estão esgotadas há semanas, mas que não contará com nenhum dos grandes artistas que, entre 15 e 17 de agosto de 1969, celebraram o espírito hippie de toda uma geração de americanos.

Nem a voz rasgada de Joe Cocker, nem o inconfundível som de Bob Dylan estarão em Bethel, onde nomes menos conhecidos, mas ainda assim lendários, subirão ao palco para lembrar Woodstock.

Levon Helm Band, Jefferson Starship, Ten Years After, Canned Heat, Big Brother and the Holding Company, Mountain, Country Joe McDonald e Tom Constanten, do The Grateful Dead, subirão ao palco neste sábado em Bethel diante de um público previsto de dez mil pessoas.

Assim, o evento de 2009 terá pouco a ver com o chamado "Woodstock Music & Art Fair", o nome original do festival organizado há 40 anos pelo quarteto formado por John Roberts, Joel Rosenman, Artie Kornfeld e Michael Lang que, apostando na improvisação até o último momento, escreveu seu nome na história. EFE dvg/bba

    Leia tudo sobre: woodstock

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG