Artista lança 360 boias no espelho d’água do Congresso Nacional

Intervenção colaborativa de Eduardo Srur contou com a presença de estudantes e propôs a salvação pela arte

Severino Motta, iG Brasília |

O artista Eduardo Srur organizou uma intervenção colaborativa nesta tarde no Congresso Nacional. Com a ajuda de cerca de 200 pessoas, na maioria estudantes da Universidade de Brasília (Unb), 360 boias com a inscrição “a arte salva” foram lançadas no espelho d’agua do Parlamento.

De acordo com Srur, a intervenção busca um resgate da consciência e a possibilidade de salvamento pela arte. Ao jogar as boias, cada participante foi orientado a pensar ou gritar o que queria salvar, além de tirar fotos para postar em redes sociais.

“Essa manifestação artística usou o Congresso como plataforma, como suporte para o trabalho, propondo a arte como possibilidade de salvamento, a arte como um caminho alternativo, um resgate de consciência não só de quem está lá dentro (do Parlamento), mas com toda a sociedade”, disse.

O artista ainda explicou que 360 boias foram usadas numa referência ao círculo (360°), numa forma de propor a arte em todas as direções. Para a arealização da intervenção, Srur não pediu autorização para a segurança do Congresso. Apesar disso, não houve nenhuma tentativa de impedir o ato.

Srur

Eduardo Srur que já espalhou gigantescas garrafas PET à beira do Rio Tietê, vestiu o monumento do Borba Gato com colete salva-vidas, instalou dezenas de caiaques tripulados por manequins no poluído rio Pinheiros e atacou as vacas da Cow Parade com o "Touro Bandido". 

    Leia tudo sobre: congressosrur

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG