Arruda vai ao TSE para suspender reunião do DEM

O governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda (DEM), entrou esta noite com recurso no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pedindo que seja suspensa a reunião marcada pela Comissão Executiva Nacional do seu partido para decidir sobre o futuro dele na legenda. O início da reunião está previsto para as 8 horas da manhã da próxima sexta-feira.

Agência Estado |

A expectativa é de que o DEM expulse Arruda, acusado de comandar um esquema de corrupção no Distrito Federal. O governador pediu ao TSE, também, que seja transferida da Comissão Executiva para o Diretório Regional do DEM a competência para tomar uma decisão sobre a sua permanência ou não no partido. O presidente do Diretório Regional, em Brasília, é o vice-governador Paulo Octávio, do mesmo partido.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG