BRASÍLIA - Após os confrontos desta semana entre manifestantes e policiais, o governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda, enviou ofício hoje (11) ao secretário de Segurança Pública, Valmir Lemos de Oliveira, no qual reconhece a ¿legitimidade das manifestações populares democráticas¿. Arruda, no entanto, ressaltou que o ¿direito dos manifestantes termina onde começa o direito dos cidadãos de ir e vir¿.

O ofício foi divulgado pela assessoria de imprensa do governo do Distrito Federal. Leia o documento na íntegra .

Arruda declarou ainda que é fundamental preservar a integridade das pessoas, os direitos dos cidadãos e o livre direito de manifestação, na defesa da segurança da cidade e dos cidadãos e na preservação das instituições.


Manifestante tenta se proteger da PM no DF / Foto: AE

Na última quarta-feira (16), manifestantes e policiais entraram em confronto durante um protesto contra o próprio governador. Arruda é acusado pela Polícia Federal de comandar um esquema de distribuição de propinas para deputados, empresários e assessores de seu governo. Após o tumulto, alguns manifestantes saíram feridos.

(Com informações da Agência Brasil)

Leia também:


Leia mais sobre  José Roberto Arruda

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.