Arruda copiou valerioduto para repassar R$ 14 milhões, diz jornal

O governo do Distrito Federal repassou sem licitação R$ 14,4 milhões a uma produtora que cuidou da campanha do governador José Roberto Arruda em 2006 e fez programas para o diretório do Democratas em Brasília. As informações são do jornal ¿O Estado de S. Paulo¿.

iG São Paulo |


A forma de pagamento se assemelha ao valerioduto, esquema pelo qual os governos federal e de Minas Gerais usaram contratos de propaganda com o publicitário Marcos Valério para arrecadar recursos de maneira ilícita.

No caso do Distrito Federal, o dinheiro cai na conta de empresas contratadas oficialmente para cuidar da publicidade do governo, e depois é transferido para a AB produções, do empresário Abdon Ducar. O repasse não aparece em notas de empenho e surge apenas em ordens bancárias, que chegam a ultrapassar R$ 200 mil por serviço prestado.

Arruda é acusado de comandar o mensalão do DEM, um suposto esquema de pagamentos de mesadas a políticos aliados e de captação de propina com empresas fornecedoras do governo local.

Leia também:


Leia mais sobre  José Roberto Arruda

    Leia tudo sobre: arruda

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG