Arrastão e tiroteio terminam com um suspeito morto no Rio de Janeiro

Um arrastão a motoristas seguido de invasão de um bar, na noite de sexta-feira, terminou com um saldo de um bandido morto, um baleado e dois detidos sem ferimentos próximo ao Piscinão de Ramos, no Rio.

Agência Estado |

No momento em que realizavam um arrastão contra motoristas e pedestres na Rua Gérson Ferreira, que dá acesso à pista lateral da Avenida Brasil, junto à passarela 12, os criminosos foram surpreendidos por policiais do 22º Batalhão, da Maré, dando início a uma troca de tiros.

Reféns

O grupo fugiu, mas alguns dos assaltantes resolveram invadir um bar, fechando as portas e fazendo clientes e funcionários reféns. Assustados, motoristas que seguiam em direção ao centro da cidade tentaram voltar na contramão. Depois de uma hora de negociação, os criminosos resolveram se entregar. PMs do Batalhão de Operações Especiais (Bope) também participaram das negociações.

Morte e prisão

Um dos suspeitos, identificado apenas como Claiton, morreu no local. Foram presos Roberto Duarte Carvalho, que ficou ferido, Anderson Teixeira da Silva e Washington Castro dos Santos. Com eles, a polícia apreendeu três revólveres calibre 38, uma pistola calibre 380 e um recipiente com gasolina. O caso foi registrado na 21ª Delegacia, da Penha.

Leia mais sobre Rio de Janeiro

    Leia tudo sobre: arrastãorio de janeiro

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG