Arrastão assusta moradores de prédio de luxo em São Paulo

SÃO PAULO ¿ Cinco apartamentos foram roubados durante um arrastão ocorrido no final da madrugada desta segunda-feira, na região de Alameda Campinas, no bairro dos Jardins, em São Paulo. Um homem foi preso em flagrante acusado de participação no crime. De acordo com as informações do 78ª DP (Jardins), a quadrilha que invadiu o edifício Del Rey era formada por sete marginais.

Redação |

Acordo Ortográfico

Por volta das 5h30, um homem chegou à portaria do prédio e informou ser o novo estagiário da limpeza. Ao porteiro, ele apresentou um documento da empresa responsável pela prestação do serviço, além de nomes, endereços e telefones de funcionários. Depois de ter a entrada autorizada, ele rendeu o funcionário e assumiu seu posto na portaria.

Depois de render o porteiro, o suspeito abriu o portão da garagem e liberou a entrada de dois veículos. Seis homens começaram o ataque aos moradores. Eles levaram joias, laptops, celulares, relógios e uma pequena quantia em dinheiro.

Segundo o delegado José Roberto Pedroso, do 78ª DP, o porteiro não tomou qualquer tipo de providência. Não ligou para o síndico e nem para a empresa para saber se as informações eram verdadeiras.

As câmeras de segurança do prédio estavam desligadas, devido a um problema no computador ocorrido há uma semana, o que facilitou a ação dos criminosos.

Quando deixavam o local, um taxista, que notou a movimentação fora do normal, ligou para a polícia. Houve perseguição e Anailton Miranda do Amaral, de 24 anos, que tentava fugir a pé, foi capturado. Na delegacia, o suspeito foi reconhecido por um grupo de vítimas.

A polícia seguirá com as investigações para chegar aos outros participantes do arrastão.

Leia mais sobre: arrastão

    Leia tudo sobre: arrastão

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG