Londres, 19 ago (EFE).- Uma equipe de arqueólogos britânicos descobriu as ruínas de uma vila da época romana na ilha de Wight, no sul da Inglaterra.

Construída há aproximadamente 1,8 mil anos, segundo os especialistas, a vila tem o tamanho de uma piscina olímpica e a forma de uma igreja.

"É um edifício impressionante, absolutamente magnífico. Devia ser possível vê-lo de várias milhas ao redor", explica no jornal "The Times" Barry Cunliff, professor emérito de Arqueologia em Oxford.

O edifício devia ter uma altura de mais de seis metros e era sustentado por colunas de madeira, afirma Cunliff, segundo o qual o local poderia ser comparado a um grande salão medieval.

A parte residencial tinha um sistema de calefação sob o solo, e a destinada a usos coletivos certamente servia como palco de reuniões.

A vila recém-descoberta é comparável em tamanho a outra situada próxima a Pulborough ou à sala do palácio romano de Fishbourne, ambas localizadas perto de Chichester, no condado de West Sussex, também no sul da Inglaterra. EFE jr/fh/fr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.