Armas são roubadas de centro de treinamento policial em São Paulo

Rio de Janeiro, 6 mar (EFE).- Um grupo de dez homens roubou pelo menos 12 fuzis, 40 pistolas e cerca de 60 mil cartuchos de munição de um centro tático de treinamento de policiais na Grande São Paulo, informaram hoje as autoridades.

EFE |

Segundo a Polícia Militar, o fato ocorreu ontem à noite em um complexo da Companhia Brasileira de Cartuchos, que fabrica munição tanto para a Polícia quanto para o Exército, em Ribeirão Pires, a 40 quilômetros de São Paulo.

Aparentemente, os dez homens entraram no local através de matagais próximos a ele e utilizaram o mesmo caminho para fugir após o roubo.

Durante o roubo, pelo menos um vigilante foi amordaçado e trancado em uma sala durante mais de uma hora.

O secretário de Segurança Pública de São Paulo, Ronaldo Marzagão, informou que uns 240 homens, da Polícia Civil e da Polícia Federal e policiais militares, estão investigando os fatos.

Ele criticou as condições de segurança e armazenamento do arsenal, e classificou como "fato lamentável" o roubo.

"É um lugar absolutamente inseguro, não é possível que fuzis e armas sejam guardados assim", declarou. EFE edv/jp

    Leia tudo sobre: armas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG