Armani projeta casas alto padrão em resort egípcio de US$1, bi

MILÃO (Reuters) - Giorgio Armani vai projetar suas primeiras residências de alto padrão para um condomínio fechado de 1,85 bilhão de dólares situado a duas horas de carro do Cairo, anunciou na quarta-feira o estilista italiano. A Emaar Properties está construindo o condomínio fechado na baía de Sidi Abdel Rahman, em uma área de 624 hectares no lugar descrito por Armani, em comunicado à imprensa, como o melhor trecho de praia na costa norte do Egito.

Reuters |

As casas terão até 500 metros quadrados cada, com até quatro quartos. Cada uma terá sua piscina própria.

Conhecido sobretudo por suas linhas de roupas clássicas e seu pendor pelo preto, Armani disse que projetar as casas será como 'levar ao Egito a filosofia 'Viva com Armani''.

Juntamente com vários outros estilistas, como o também italiano Versace, Armani vem diversificando sua atuação, passando da moda para áreas como design de interiores e acessórios para o lar, na tentativa de maximizar o valor de suas marcas em diversos continentes e classes sociais.

De acordo com seu comunicado, a arquitetura das casas será 'baseada na funcionalidade e na estética do volume, da luz e da superfície'.

Todas terão sistemas de segurança automatizados, controle de temperatura e cortinas, iluminação e ar condicionado.

Armani disse que, no desenho das casas, empregou 'elementos que captam a serenidade e calma da vida de frente para o mar'.

O condomínio fechado de 6,5 milhões de metros quadrados inclui um resort de praia, marina, campo de golfe e hotéis.

Armani já projetou um hotel para o projeto Burj Dubai da Emaar, incluindo apartamentos para hóspedes, restaurante e spa, além de apartamentos de luxo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG