Ari Pargendler é eleito presidente do STJ

Pargendler vai acumular a presidência do STJ com a do Conselho da Justiça Federal (CJF)

Agência Brasil |

O ministro Ari Pargendler foi eleito nesta terça-feira presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ). A eleição, por aclamação, seguiu a tradição do tribunal, que escolhe o ministro mais antigo para assumir o cargo. Pargendler vai acumular a presidência do STJ com a do Conselho da Justiça Federal (CJF), órgão encarregado da supervisão administrativa e orçamentária da Justiça Federal.

Felix Fischer foi eleito para a vice-presidência, e caso a corte siga a tradição, daqui a dois anos assume a presidência. A ministra Eliana Calmon foi eleita para a Corregedoria Nacional de Justiça, cargo exercido no âmbito do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), e substituirá o ministro Gilson Dipp.

“É a primeira vez que há uma transição formalmente instalada no âmbito do STJ”, destacou o ex-presidente, ministro Cesar Rocha, que logo após a eleição, entregou ao novo presidente um relatório com todas as informações e projetos da corte.

Pargendler está no STJ desde 1995, e começou sua carreira como procurador da República, assumindo, em seguida, vaga como juiz federal no Tribunal Regional Federal da 4ª Região, que engloba os três estados da Região Sul. Segundo biografia divulgada pelo STJ, uma característica marcante do ministro Ari Pargendler é a preferência pela qualidade no julgamento, e não pela quantidade de processos julgados.

    Leia tudo sobre: PargendlerSTJ

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG