Argentino revela surpresa por ter recebido prêmio do júri de Berlim

Berlim - O diretor argentino Adrián Bíniez afirmou hoje que dormirá esta noite com o Urso de Prata que recebeu na categoria de Grande Prêmio do Júri do Festival de Berlim pelo filme uruguaio-argentino Gigante.

EFE |

Bíniez compareceu perante a imprensa em duas ocasiões, já que o filme conquistou três prêmios: o Alfred Bauer, o de melhor estreia e o Grande Prêmio do Júri.

O diretor, que ficou praticamente sem palavras nas três vezes em que subiu ao palco do Berlinale Palast, admitiu que receber tantos reconhecimentos em sua primeira produção pode ser "um grande problema" em relação ao fato de igualar esses sucessos no futuro.

"No entanto, também abre muitas portas a novos projetos que poderão se tornar realidade", acrescentou Bíniez, que assegurou que está "absolutamente perplexo", "emocionado" e "nervoso" com o apoio que a produção recebeu.

O cineasta explicou que já estava feliz em poder levar o filme ao festival e que estar na seção em competição era "outro prêmio".

"Isto é incrível", afirmou o diretor de "Gigante", que gira em torno de um segurança de supermercado que vigia uma empregada pela qual é apaixonada pelo circuito interno de televisão.

Ele destacou que o filme "foi um belo trabalho de equipe" que reuniu grandes amigos, tanto entre a equipe técnica como no elenco de atores.

"Ainda não consegui falar com minha mãe. Mas provavelmente deve ter desmaiado ou estar na unidade de tratamento intensivo", brincou.

EFE nvm/db

    Leia tudo sobre: urso de ouro

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG