Tamanho do texto

ROMA, 7 AGO (ANSA) - O diretor argentino Daniel Burman será destaque em dois dos maiores festivais de cinema europeus desta temporada. Em Veneza, em 2 de setembro, receberá o prêmio Robert Bresson, oferecido anualmente pelos Pontifícios Conselhos das Comunicações Sociais e Cultura, do Vaticano, e pela Revista do Cinematógrafo, e, em San Sebastian, na Espanha, em 18 de setembro, vai apresentar ao público europeu seu novo filme, El Nido Vacio.

Burman, de religião hebraica, se disse surpreso e honrado pela premiação que receberá em Veneza, vinculada à Igreja Católica. "Para mim é um reconhecimento muito especial. Não tenho pontos em comum com a cultura católica e isto torna este prêmio muito mais importante porque é absolutamente inesperado. Quando somos reconhecidos por alguém que inicialmente parece diferente, a surpresa é maior", disse o diretor de 34 anos à agência de notícias estatal argentina Telam.

Duas semanas depois da presença do cineasta na Itália, ele estará na Espanha para o Festival de San Sebastian onde vai apresentar seu último filme, a comédia dramática "El Nido Vacio" (O ninho vazio), com Cecília Roth e Oscar Martinez, lançado em 24 de abril na Argentina, onde teve grande sucesso e foi visto por mais de 300 mil espectadores. (ANSA)