Argentino acusado de abusar de 3 meninas é detido em Alagoas

RIO DE JANEIRO - Um argentino foi detido em uma pequena cidade de Alagoas sob a acusação de ter abusado de três meninas de idades entre 9 e 12 anos, informou nesta terça-feira o delegado Jobson Cabral.

EFE |

O argentino, de 62 anos e que vive há dois anos da venda de alimentos em um quiosque que alugou na praia de Paripueira, foi detido na segunda-feira pela polícia do local, situado 36 quilômetros ao norte de Maceió e muito visitado por turistas estrangeiros.

O argentino foi denunciado pelas três menores e pela mãe das mesmas, afirmou o delegado Jobson Cabral, que disse que já existe uma ordem de prisão provisória contra o estrangeiro.

Segundo as menores, que vendem amendoim na praia nos fins de semana, o comerciante frequentemente lhes oferecia entre R$ 5 e R$ 10 para que deixassem ele tocar suas partes íntimas.

A mãe das meninas disse que o argentino ganhou a confiança das filhas porque lhes oferecia sanduíches e comprava os amendoins que vendiam.

Cabral disse que as menores serão submetidas a exames no Instituto de Medicina Legal para verificar se chegaram a sofrer algum abuso maior.

Segundo a conselheira tutelar do município, Maria Verônica dos Santos, o Ministério Público investigava o argentino há alguns dias, devido a denúncias anônimas que foram confirmadas pelas menores.

O argentino negou todas as acusações e não quis falar com a imprensa.

Leia mais sobre abusos sexuais

    Leia tudo sobre: abuso sexual

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG