Argentina tem mais 6 mortes por gripe suína e soma 94

O Ministério da Saúde da Argentina anunciou mais seis mortes provocadas pela influenza A (H1N1), conhecida como gripe suína, elevando o total de vítimas no país para 94. O número de infecções confirmadas pelo vírus na Argentina subiu para 2.

Agência Estado |

929, segundo o ministro da Saúde, Juan Manzur.

A Argentina é o terceiro país mais afetado pela doença no mundo, atrás apenas do México, que tem 121 mortes confirmadas, e dos Estados Unidos, com 221 mortes. Na América Latina, o total de vítimas da gripe suína é de quase 150.

Em todo o mundo, ao menos 440 pessoas morreram depois de contraírem a nova gripe e cerca de 100 mil estão infectadas, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS). As informações são da Dow Jones.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG