O governo da Argentina confirmou hoje os primeiros casos no país de suínos contaminados pela Influenza A(H1N1). Pelo menos cinco porcos numa fazenda na província de Buenos Aires contraíram o vírus, informou a Secretaria Nacional de Saúde (Senasa).

Ainda não há indício de que os suínos possam ter se contaminado a partir de animais de outros países. Isso levanta a possibilidade de que eles tenham sido contaminados por pessoas - hipótese até agora não confirmada. O Canadá também anunciou ter suínos com a doença.

O porta-voz da Senasa, Carlos Chichizola, afirmou que a presença da gripe em suínos não aumenta o risco para os humanos e nem cria restrições ao consumo de carne. As autoridades argentinas recolheram os animais doentes, declararam quarentena num raio de 15 quilômetros e continuam fazendo testes na área. As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.