Aprovado reajuste a 900 funcionários públicos de BH

Em sessão extraordinária, a Câmara de Belo Horizonte aprovou no sábado reajustes nos vencimentos de 900 funcionários públicos municipais das administrações direta e indireta. O projeto foi aprovado por unanimidade pelos 34 vereadores presentes.

Agência Estado |

Encaminhada pela prefeitura, a proposta cria e altera gratificações mensais de fiscais, engenheiros e procuradores municipais. O impacto dos aumentos para os cofres públicos será de R$ 46 milhões por ano. A tramitação do texto foi acelerada para que a legislação fosse publicada no prazo de concessão do acréscimo salarial, conforme a Lei Eleitoral - que prevê que nenhum aumento pode ser concedido faltando 180 dias para a eleição. "Para entrar em vigor, este projeto precisava estar aprovado em dois turnos, ser sancionado pelo prefeito e publicado até o dia 7 de abril", disse a líder do governo na Câmara, Neusinha Santos (PT).

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG