BRASÍLIA - Apesar da crise, a 95ª Pesquisa CNT/Sensus, divulgada nesta terça-feira, pela Confederação Nacional de Transporte (CNT), mostra que o governo Lula e a popularidade do presidente alcançaram recorde histórico. O levantamento também apontou que a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, do PT, http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2009/02/03/536+nao+tem+candidato+para+2010+diz+cntsensus+3803027.html target=_topcresceu nas intenções de voto para as eleições de 2010.

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva teve 84% de aprovação entre o eleitorado. Em dezembro de 2008, a aprovação do desempenho pessoal do presidente estava em 80,3% e a desaprovação, em 15,2%. Nas últimas treze rodadas da pesquisa, Lula vem apresentando melhora no índice de aprovação.

Em setembro de 2005, durante a crise do mensalão, Lula era aprovado por apenas 50% dos entrevistados. O governo tinha obtido melhor índice na série histórica da pesquisa, iniciada em 1998, em janeiro de 2003, quando Lula assumiu a presidência com 83,6% de avaliação positiva.

Arte iG

A avaliação positiva do governo Lula está em 72,5%, segundo a pesquisa. Em dezembro de 2008, este mesmo índice estava em 71,1%. Esta também é a melhor avaliação de um governo em toda a série histórica.

De acordo com o presidente da CNT, Clésio Andrade, o presidente Lula apresenta índices altos de aprovação em função de uma forte esperança do eleitorado, centrada no discurso do presidente Lula e nas medidas que o governo está tomando. Tudo o que ele [Lula] fala, o povo acredita. Se ele fala que a crise vai passar, o povo acredita, isto justifica a sua popularidade, destacou o presidente da CNT.

A 95ª. Pesquisa CNT/Sensus foi realizada entre os dias 26 e 30 de janeiro, em 136 municípios das cinco regiões brasileiras. Dois mil eleitores foram questionados. A margem de erro é de 3%.

Assista ao vídeo

Mais CNT/Sensus:

Leia mais sobre: aprovação de Lula

    Leia tudo sobre: lula
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.