Apreensão de ecstasy no Galeão é histórica, diz polícia

Ao apreender 41 mil comprimidos de ecstasy, hoje pela manhã, a Polícia Federal realizou a maior apreensão da droga na história do Aeroporto Internacional Tom Jobim (Galeão), no Rio de Janeiro. O estudante de publicidade José Luiz Aromatis Netto, de 26 anos, foi preso ao desembarcar de Amsterdã com mais 17 mil pontos de LSD e 350 gramas de skunk.

Agência Estado |

O jovem vinha da Holanda num vôo da Air France, cuja última conexão foi em Paris. A prisão ocorreu por volta das 8 horas, quando o universitário se preparava para passar pela Receita Federal. A polícia avaliou a droga em R$ 4 milhões.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG