Apreendidas 11 armas e 16 granadas em operação no Rio de Janeiro

Onze armas e 16 granadas já foram retiradas dos morros Pavão-Pavãozinho e Cantagalo, nos bairros de Copacabana e Ipanema, na zona sul do Rio de Janeiro, durante os cinco dias de ocupação da Polícia Militar (PM).

Agência Estado |

Futura Press
Policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope) apreenderam na tarde de hoje, armas e munições enterradas na mata que divide as comunidades do Cantagalo e Pavão-Pavãozinho no Rio de Janeiro, RJ. Entre o armamento encontrado, estava oito granadas, duas submetralhadoras, uma pistola 9mmm e carregadores de vários calibres. No período da manhã, policiais do 19º BPM (Copacabana) detiveram dois homens que teriam obrigado a jovem a esconder um fuzil dentro da mochila

Armas apreendidas nos morros Pavão-Pavãozinho

O objetivo da PM com a ocupação é diminuir os confrontos com suspeitos e priorizar a segurança da população local, além de permitir que a força policial faça as prisões e apreensões com o decorrer do tempo.

De acordo com a polícia, uma jovem de 15 anos com uniforme escolar foi abordada ontem por agentes do 19º Batalhão, de Copacabana, e, em sua mochila, foi encontrado um fuzil de uso exclusivo das Forças Armadas.

Leia também:

    Leia tudo sobre: operação

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG