Toma Lá, Dá Cá faz hoje sua despedida da Globo - Brasil - iG" /

Toma Lá, Dá Cá faz hoje sua despedida da Globo

O condomínio Jambalaya se prepara para sua última grande noite. Depois de ambientar 92 episódios - exibidos em pouco mais de dois anos -, o endereço certo da bagunça e de personagens hilários como Copélia (Arlete Salles), Mário Jorge (Miguel Falabella) e dona Álvara (Stella Miranda) aparece hoje pela última vez, na despedida de Toma Lá, Dá Cá da Globo.

Agência Estado |

"A ideia de encerrar o programa foi natural, já predeterminado e esperado desde o seu início. Nada foi imposto nem pela emissora e tampouco pelos autores", explica Cininha de Paula, diretora geral da atração.

Mesmo aguardado, o final foi marcante para os atores. "Achávamos que não iríamos nos emocionar. Miguel (Falabella) estava nos avisando faz tempo de que iríamos acabar, que precisávamos aprender a morrer, mas na última hora foi aquele chororô", conta Marisa Orth, intérprete de Rita. Segundo ela, o grande mérito da atração foi fazer um humor escancarado. "Acho que foi a crítica mais ácida à nossa sociedade que já passou na televisão."

Adriana Esteves, que faz Celinha, está orgulhosa do seriado. "Achava maravilhosa a abordagem social e política de nossos momentos atuais." Diogo Vilela, intérprete de Arnaldo, completa: "O programa relaxou um pouco o Brasil em momentos de tensão graças ao humor do Miguel, que tem conhecimento popular".

Agora, este apelo popular deve ser usado para lotar salas de cinema. "Toma Lá, Dá Cá" vai ser um longa-metragem em breve. "O projeto está na cabeça do Miguel e da Carminha (Maria Carmen Barbosa, responsável pela produção do seriado). O argumento principal será em um cruzeiro", adianta Cininha. Segundo ela, o projeto está em fase de aprovação e captação de recursos e deve contar também com a participação de atores que não fazem parte do humorístico. As informações são do Jornal da Tarde.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG