Pressão comigo não funciona , avisa Aécio - Brasil - iG" /

Pressão comigo não funciona , avisa Aécio

O governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB), disse hoje que não se sente pressionado pelo partido a abdicar da sua posição e considerar a composição de uma chapa para disputar a Presidência da República como vice de seu colega tucano José Serra, governador de São Paulo. Os companheiros do PSDB sabem que este tipo de pressão comigo não funciona, afirmou o governador.

Agência Estado |

Conforme Aécio, no almoço com a cúpula tucana ontem em São Paulo as discussões giraram em torno das estratégias que serão seguidas pelo partido para fortalecer alguns palanques regionais e da convicção de que algumas negociações terão de ser concluídas até fevereiro. "Está no momento de concluirmos algumas negociações, definirmos alguns palanques", disse. Ele enfatizou que não houve, por parte do partido, nenhuma pressão para que voltasse atrás na sua decisão de disputar uma vaga no Senado em 2010 e não participar de uma chapa puro-sangue tucana.

"Tenho uma clareza grande do que são as minhas prioridades. Apresentei ao partido uma proposta, o partido optou por outro caminho, mas eu respeito. Agora, minha dedicação integral, disse isso a FHC, minha prioridade absoluta é dedicar-me às questões de Minas", explicou. Segundo ele, já a partir da próxima semana a ideia é dar continuidade às inaugurações de um grande número de obras, ao lado do vice-governador Antônio Augusto Anastasia, que deve disputar o governo mineiro em 2010.

Ao comentar a recente entrevista do presidente do partido, senador Sérgio Guerra (PE), concedida à revista 'Veja', de que a indicação do vice na chapa tucana à Presidência poderá vir do próprio PSDB ou do DEM, Aécio se esquivou: "Não cabe a mim, neste instante, no momento em que abdico da disputa, fazer qualquer indicação que possa colidir com o sentimento do partido." Esta escolha, segundo o governador mineiro, caberá ao presidente da legenda e ao próprio candidato. Ele não descartou, no entanto, o nome do ex-presidente Itamar Franco, no PPS. "Eu acho que o presidente Itamar Franco é um nome qualificado para postular qualquer posto no Brasil."

Aécio participou hoje, na capital mineira, da inauguração da Unidade de Atendimento Integrado (UAI), na Praça Sete, destinada à prestação de serviços públicos, incluindo emissão de carteira de identidade, atestado de antecedentes criminais, emissão de extratos de multas de veículos, entre outros. Os investimentos chegaram a R$ 8,3 milhões e o posto terá capacidade para o atendimento de 5 mil pessoas por dia.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG