O jornalista Mario Marques, 39, tinha uma reserva para a passar o réveillon na pousada Sankay, na Ilha Grande, com a mulher e a filha de 10 meses. Mas mudou de ideia porque não havia um hospital por perto para alguma eventualidade que ocorresse com o bebê. Ele acha que a decisão salvou a sua vida e de sua família, já que o Sankay foi destruído pelo desabamento de um morro após as chuvas da virada de ano.

Marques tinha acertado ficar na suíte Cavalo Marinho, uma das 11 da pousada. Era um quarto de fundos, sem vista para o mar, no andar de baixo, com ar condicionado, mosquiteiro, frigobar, TV e ventilador. Pagaria R$ 5.300,00. Em seu twitter , Marques diz que nasceu de novo em 2010. Leia abaixo o texto escrito por ele em seu site.

"Em novembro, eu e minha mulher tomamos a decisão de passar o réveillon na Ilha Grande. Achamos vaga na Pousada Sankai, uma das três melhores do lugar. Eu já estivera lá na do lado anos atrás, a Eco Dive Resort, hoje desativada. Parece que o francês, dono do hotel, desistiu do negócio.

Partimos então para fazer a reserva. Telefonei, recebi o e-mail com os dados bancários e tudo sobre o hotel e entrei no site do banco para efetuar a transferência.

Foi quando minha mulher entrou no quarto de repente e me indagou se havia hospital na ilha. Diante de minha negativa, ela se recusara a ir, já que temos uma bebê de 10 meses que inspira sempre cuidados.

Eu ainda tentei demovê-la. Argumentei que Angra era muito próxima de barco e que não haveria problema nenhum.

Mas ela insistiu. Disse que achava arriscado.

Então viramos o leme, desistimos do depósito e partimos para um hotel-fazenda no Sul de Minas.

Hoje de manhã, atônitos com a notícia da tragédia, olhamos para nossa bebê sorridente como nunca. Tiramos a carcaça da racionalidade, do dizer apenas Ufa, que sorte, para ampliarmos a reflexão sobre como pequenas decisões interferem no rumo de nossas vidas.

Para mim, o sorriso aberto de minha filha hoje era algo como: Parabéns, mãe, você salvou a gente.

A pieguice de pensamentos como esse, muitos devem achar, é muito menor diante da felicidade que sinto por poder estar com minha família sã e salva.

Em sua página na internet o jornalista conta a história e exibe os e-mails trocados com a Pousada Sankay.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.