Em seu discurso de despedida do governo de São Paulo, o presidenciável do PSDB, José Serra, colocou o caráter e a honra como pontos centrais de seu estilo de governar. Os governos, como as pessoas, têm de ter caráter e índole.

Este é um governo de caráter", disse. "Os governos têm de ter honra. Aqui não se cultivam escândalos, malfeitos ou roubalheiras. Nunca incentivamos o silêncio da cumplicidade e da conivência com o malfeito."

Serra discursou por 53 minutos para um público de ao menos 4,5 mil pessoas - sentadas no auditório ou de pé nos jardins do Palácio dos Bandeirantes. Foram instaladas televisões no hall do prédio e dois telões na parte externa.

O tucano agradeceu o trabalho de sua equipe e o apoio da população. Sem citar as próximas eleições, falou sobre a "nova etapa" de sua vida. "Olho para trás e ganho força para a etapa que nos espera. Ingresso nela com disposição, força e fé", disse. Citou os dizeres do brasão do Estado para falar de sua missão. "'Pelo Brasil, façam-se as grandes coisas.' É o destino de São Paulo e a nossa missão. Vamos juntos. O Brasil pode mais."

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.