Debilidade existe em todos os Poderes, diz Genro - Brasil - iG" /

Debilidade existe em todos os Poderes, diz Genro

Numa resposta indireta às críticas feitas ontem pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Gilmar Mendes, em relação à situação da segurança pública no País, o ministro da Justiça, Tarso Genro, disse hoje que debilidade nós temos no cumprimento das obrigações públicas em todos os Poderes. A União não é responsável pela segurança pública, ela é indutora, organizadora, colaboradora e financiadora.

Agência Estado |

No que diz respeito à responsabilidade da União, a Polícia Federal (PF), por exemplo, está trabalhando muito bem, e a fiscalização está cada vez maior."

A declaração do ministro se deu por ocasião do encerramento da 6ª Reunião Anual da Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro (Enccla). O evento, realizado em Salvador, reuniu representantes de cerca de 70 órgãos públicos federais, que durante três dias definiram metas para serem trabalhadas intensivamente em 2009, permitindo maior concentração de esforços no combate da corrupção, com foco na lavagem de dinheiro e improbidade administrativa.

Conforme Genro, a partir do próximo ano as ações de combate à corrupção vão funcionar de forma menos conceitual e mais operacional, em regime de colaboração. "Um dos grandes problemas no combate à lavagem de dinheiro são as diversas formas que existem de lavagem, além dos modelos sofisticados adotados por países que atuam como paraísos fiscais, com brechas em suas legislações. Para fazer frente a esses modelos de crime vamos organizar formas de combate mais eficientes, que vão da fiscalização nos aeroportos até programas de computadores mais aprofundados."

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG