Fraco em ibope, mas um sucesso comercial, a 9ª edição do programa Big Brother Brasil ainda não alcançou o posto da edição com melhor faturamento do reality. Segundo o diretor de Desenvolvimento Comercial da Globo, Marcelo Duarte, o BBB4 , foi até hoje a edição que mais lucrou na emissora, com um total de 19 ações de merchandisings.

"O BBB9 pode até passar essa marca, já que está com 18 ações até agora", fala ele. "Como será esticado em mais uma semana, podemos conseguir mais anunciantes."

Duarte afirma que essa sensação de que o programa tem muitos merchandisings vem da força das ações deste ano. "No primeiro BBB, não sabíamos como seria essa inserção. É uma ação de risco quando as pessoas não têm um script", conta. "Mas acabou virando um test-drive de marcas de sucesso."

Ele ainda conta que os bbbs não são instruídos - nem proibidos - a falarem sobre as marcas, e que, diferentemente de atores e apresentadores, os participantes não recebem cachê pelas ações. "Há apenas um adicional embutido no montante que eles recebem no fim do programa, de acordo com o número de semanas que permaneceram confinados." As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.