Após vistoria, concessionária decide manter trecho da Rio-Teresópolis interditado

Rio de Janeiro - Técnicos da CRT ¿ concessionária que administra a Rodovia Rio-Teresópolis, vistoriaram na terça-feira o trecho da rodovia que cedeu no último domingo, na região serrana do Rio, e decidiram mantê-lo interditado por causa da falta de segurança.

Agência Brasil |

A empresa informou que está fazendo os reparos necessários desde a tarde de ontem, mas ainda não há previsão de reabertura da pista.

Futura Press

Foto do carro soterrado pelo deslizamento de terra no domingo

Depois do deslizamento de terra que provocou a morte de três pessoas de uma mesma família no domingo à noite, na altura do km 90, próximo à localidade conhecida como Soberbo, a CRT decidiu fechar a Rio-Teresópolis sempre que o índice pluviométrico, que mede a intensidade das chuvas, atingir níveis acima do tolerável.

Leia também

Leia mais sobre chuva no Rio

    Leia tudo sobre: chuvadeslizamento de terrario

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG