O governo anunciou nesta quinta-feira um contingenciamento de R$ 21,8 bilhões do Orçamento de 2010, o maior da administração Lula, segundo o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão.

O decreto de programação orçamentária e financeira para o ano reduziu em R$ 17,773 bilhões a previsão de receitas líquidas no ano. Já a projeção de despesas aumentou em R$ 64,2 milhões - sem contar o déficit previdenciário, cuja estimativa foi elevada em R$ 3,968 bilhões.

Foi mantida a projeção de crescimento da economia brasileira em 5,2% neste ano.

Na quarta-feira, o ministro Paulo Bernardo afirmou que os investimentos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) seriam poupados do corte já previsto.

Leia mais sobre: Orçamento

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.