A ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, deixou por volta das 16 horas o Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. Ela estava no Centro de Oncologia desde a manhã de hoje para ser submetida a mais uma sessão de quimioterapia para combater um câncer linfático.

Conforme nota divulgada pelo hospital, a ministra deve retornar às suas atividades normais. No mês passado, após uma dessas sessões, a ministra voltou de Brasília para São Paulo com dores nas pernas e precisou ser internada. Tratava-se de uma reação ao tratamento.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.