Após Petrobras, PSDB cria blog para acompanhar CPI

A campanha da oposição para furar a blindagem criada pela base governista em torno da Petrobras, evitando uma investigação profunda de eventuais irregularidades na estatal e na Agência Nacional do Petróleo (ANP), ganhou ontem um braço digital. Pouco antes da instalação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras no Senado, a Executiva Nacional do PSDB e a bancada do partido na Casa puseram no ar o blog PSDB na CPI da Petrobras, que tem como objetivo acompanhar via web os desenlaces da comissão de inquérito, em oposição ao blog Fatos e Dados, criado pela assessoria de comunicação da estatal.

Agência Estado |

O blog tucano ainda pretende "desmascarar mentiras" sobre o suposto interesse da legenda em prejudicar, financeiramente, a estatal, por meio da criação da CPI. "Com a comissão, traremos luz às sombras, o que nem o Tribunal de Contas da União (TCU) nem o Ministério Público (MP) nem a Receita Federal conseguem traduzir para a sociedade brasileira", diz o partido, no editorial do blog. O coordenador do blog, jornalista Carlo Iberê, afirmou que a página na internet foi o meio encontrado pela Executiva da sigla para responder aos ataques do governo à CPI. "Não temos só de levar chumbo. O objetivo é ter um canal onde o partido tem a liberdade para postar o seu posicionamento em relação à comissão de inquérito."

O responsável pelo blog diz que foi mobilizada uma "força-tarefa" para levá-lo ao ar. "Contamos com a colaboração de membros do partido de diferentes esferas e cargos", afirma. O coordenador lamenta que a equipe do blog ainda seja muito menor do que a que tem à disposição o "Fatos e Dados". "Temos só quatro profissionais, mas esperamos contar com um reforço nos próximos meses". Questionado se o blog tucano seria uma provocação ao veículo lançado pela Petrobras, Iberê negou: "Não é uma provocação. A ideia é apenas um instrumento de trabalho."

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG