Após obstrução, Temer se reúne amanhã com partidos

Com obstrução generalizada dos partidos, o presidente da Câmara, Michel Temer (PMDB-SP), desistiu de colocar propostas em votação no plenário hoje. Temer marcou uma reunião de líderes amanhã à tarde para avaliar a disposição dos partidos em votar.

Agência Estado |

Os partidos da base anunciaram que não votam nada enquanto o governo não resolver a liberação do dinheiro destinado a obras nos municípios que entrou no Orçamento da União por meio de emendas parlamentares. Os partidos de oposição estão obstruindo os trabalhos para impedir a volta ao plenário do projeto que cria a Contribuição Social para a Saúde (CSS).

Além disso, líderes de oposição aproveitam para combater o governo, usando a demissão coletiva na Receita Federal. "A demissão em massa caracteriza que o governo queria montar uma Receita política, como fez com a Polícia Federal, mas houve uma reação", afirmou o líder do DEM, Ronaldo Caiado (GO). A oposição bate em outro ponto. A inexistência das imagens das pessoas que circularam pelo Palácio do Planalto, de acordo com o Gabinete de Segurança Institucional (GSI), no sistema de segurança. "Nunca vi tanta mentira. Virou um descalabro", disse Caiado.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG