Após naufrágio, menina continua desaparecida no Amapá

Embarcação Diamante Negro, que transportava 41 pessoas, naufragou no Rio Amazonas

AE |

selo

Uma menina de 10 anos continua desaparecida após um naufrágio no Rio Amazonas, na localidade de Pau Cavado, próximo a Macapá, no Amapá, ocorrido na terça-feira. Quatro pessoas morreram. Segundo o Corpo de Bombeiros, as buscas à criança estão sendo feitas por militares da Marinha.

De acordo com nova recontagem dos passageiros, a embarcação Diamante Negro transportava 41 pessoas, além de muito material diverso. Deste total, foram resgatados quatro corpos, todos de mulheres, sendo uma adulta e três crianças.

Outras 36 pessoas foram socorridas com vida, sendo 32 delas por uma embarcação que estava próxima ao local, duas por ribeirinhos e duas pelos bombeiros na manhã de ontem. Eles estavam agarrados a pedaços de madeira e foram encaminhados ao Hospital de Macapá.

Segundo os bombeiros, o barco estava com superlotação, pois sua capacidade é de no máximo 30 pessoas. A embarcação saiu de Afuá, na ilha de Marajó, e seguia para Macapá quando bateu em um pedaço de madeira. Segundo o tenente coronel Alexandre Veríssimo, a maré estava muito forte, quebrou o leme e deixou sem controle o barco, que acabou virando.

    Leia tudo sobre: naufrágiorio amazonasamapá

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG