Após lançar Meirelles candidato em GO, Lula recebe Iris

Uma semana depois de apoiar a candidatura do presidente do Banco Central (BC), Henrique Meirelles, ao governo de Goiás em 2010, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva recebeu ontem o prefeito de Goiânia, Iris Rezende (PMDB), para desfazer o mal-estar criado com o principal nome da base aliada no Estado. Em entrevista após encontro com Lula no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), Iris disse que só anunciará no próximo ano se disputará o cargo de governador, mas deixou claro que defende uma candidatura própria do PMDB.

Agência Estado |

“O partido terá seu candidato próprio, pois hoje conta com 30% da preferência do eleitorado.”

Indagado se apoiaria uma aliança do PMDB com o PP, partido pelo qual Meirelles cogita disputar as eleições, Iris disse que essa não é a melhor alternativa para os peemedebistas. “O PMDB é um partido que tem obrigação de lançar candidato ao governo do Estado”, afirmou. “Mas não sou eu que vou dar ordens ao PMDB.” Em Anápolis, na semana passada, Lula pediu apoio total a Meirelles. “Precisamos construir uma aliança política para ganhar as eleições. O Meirelles não pode ser candidato para perder as eleições”, disse Lula, em entrevista a rádios goianas. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo .

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG