Após grande pressão, reitor da UnB renuncia ao cargo

O reitor afastado da Universidade de Brasília (UnB), Timothy Mulholland, anunciou neste domingo seu afastamento definitivo do cargo. Os estudantes comemoraram muito a renúncia. O comunicado foi feito ao ministro da Educação, Fernando Haddad, após uma reunião entre representantes do conselho universitário e o próprio ministro.

Rodrigo Ledo ¿ Último Segundo/Santafé Idéias |

A reunião realizada na tarde deste domingo no Ministério da Educação (MEC) tinha como objetivo achar uma solução para o fato de a universidade estar sem comando desde a renúncia do vice-reitor neste sábado. Com saída de Mulholland, o ministro Haddad divulgará, ainda neste domingo, se será nomeado um interventor e quem deverá assumir a função.

Os estudantes comemoraram a renúncia. Ficamos muito felizes porque esta era uma das nossas principais exigências. Agora, esperamos que o ministro não nomeie nenhum interventor e que respeite a autônima universitária, disse Danilo Silvestre, membro da comissão de comunicação do Diretório Central dos Estudantes (DCE) da UnB.

Agora, os estudantes reivindicam que sejam feitas eleições imediatas e paritárias, ou seja, com paridade de peso dos votos de alunos, funcionário e professores.

O ministro Fernando Haddad dará uma entrevista coletiva ainda hoje para dizer quem assume a reitoria da UnB. 

    Leia tudo sobre: unb

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG