RIO DE JANEIRO - A polícia do Rio de Janeiro tem uma defasagem de mais de 20 mil homens, disse nesta quinta-feira o governador do Estado, Sérgio Cabral. Ele comentou a carência de pessoal na área de segurança pública fluminense ao participar da cerimônia de formutura de 677 soldados da Polícia Militar (PM).

Acompanhado do secretário de Segurança Pública, José Mariano Beltrame, Cabral anunciou que 250 formandos serão destacados para o policiamento comunitário a partir de fevereiro. Antes disso, os soldados vão fazer treinamento de 20 dias no Batalhão de Operações Especiais (Bope) da PM.

De acordo com Cabral, 200 homens serão deslocados para a Cidade de Deus, dominada por traficantes, e 50 para a favela do Batan, em Realengo, onde há a atuação de milícias. Os novos policiais, assinalou ele, vão ajudar a  reprimir o tráfico e a ação das milícias.

Leia mais sobre: polícia - Rio de Janeiro

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.