SÃO PAULO - Após enfrentar fortes chuvas durante a tarde e noite desta quarta-feira, o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE) retirou todas as regiões da cidade de São Paulo do estado de atenção. Ainda assim, o trânsito continua lento na capital. São 110 quilômetros de lentidão, de acordo com a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET).


A Eletropaulo informou que ruas das zonas leste, norte e oeste ficaram sem energia elétrica desde as 18 horas. Em Osasco, o alagamento de um cruzamento da Avenida Jackson Bayton, no Jardim Santa Rita, deixou um ônibus intermunicipal ilhado. 

Neste momento, de acordo com o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), há dois pontos intransitáveis de alagamento na capital. Um, na rua Ricardo Cavatton, e outro, na na avenida Antônio Munhoz Bonilha. Além destes, mais três pontos transitáveis foram registrados.

AE
Morador anda em uma rua alagada do bairro Jardim Brasil, na zona norte da capital paulista, nesta quarta-feira (16), depois das fortes chuvas que atingiram a cidade nesta tarde.
Morador anda em rua alagada do bairro Jardim Brasil, na zona norte da capital paulista, após chuvas que atingiram a cidade nesta tarde.

De acordo com o CGE, os temporais que atingiram a Grande São Paulo desde o período da tarde perderam intensidade, restando apenas chuvas leves.

De acordo com o CGE, as chuvas começaram por volta das 15h, atingindo inicialmente a zona leste. Em seguida, as áreas de instabilidade ganharam força também nas zonas norte, centro e oeste. Na maior parte das regiões, as chuvas oscilaram entre intensidade moderada a forte, com alguns períodos de melhoria.

Rodovias

A chuva alagou parte da Rodovia Anhanguera, na chegada à capital. Um alagamento do quilômetro 18 ao 22, região do Jaraguá, faz com que o tráfego seja desviado para o Rodoanel. A Rodovia Presidente Dutra também tem alagamento, no sentido Rio de Janeiro, do quilômetro 213 ao 210.

*Com informações da Agência Estado

Leia mais sobre: chuvas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.